Materiais comuns reutilizados

O ícone de concha da logo do site e das capas do podcast é “shell” por Vladimir Belochkin para o Noun Project.

A abertura do podcast é feita com efeitos sonoros de Rhedcerulean, Eelke e soundscalpel.com via Freesound.org. Do episódio 11 em diante, as músicas de abertura são do álbum Aeronaut, do grupo Blue Dot Sessions. A música de encerramento é Mirskontsa, de Yoko Absorbing.

No episódio 13, as fotos da capa e da vitrine são da Galeria do Dia da Abolição da Escravatura, do site Brasiliana Fotográfica.

O episódio especial do projeto Podosfera Unida usa como arte de capa esta foto de Fabian Irsara e a vitrine usa esta foto de Mike Wilson, ambas do Unsplash.

No episódio 12 eu taco o foda-se pra algumas nóias de copyright, afinal, o Spotify nunca vai me veicular lá mesmo e eu estou pouco me importando. A vitrine e a arte de capa são trabalhos artísticos do Syd Barrett disponíveis aqui, tentei fazer uma relação sutil e implícita, mas não sei se ficou legal. A trilha sonora são quatro músicas dos meninos e seus títulos são citados no post, exceto a primeira, na abertura, que é Suicide Song, do Yoñlu.

No episódio 11, a vitrine é uma fotografia de Scott Bauer na Bahia, de um boi Nelore, via Wikimedia Commons. A capa do arquivo é uma foto minha. Desse episódio em diante, exceto quando mencionado, a música de abertura é do álbum Aeronaut, do grupo Blue Dot Sessions.

No episódio 10, a vitrine é uma fotografia de Thelmadatter via Wikimedia Commons, da região montanhosa ao sul de Veracruz, no México, na rodovia entre Malpasito-Coatzacoalcos. A capa do arquivo é uma fotografia de Esparta Palma, também via Wikimedia Commons, de um artesanato no Museu de Arte Popular em Cidade do México. A única trilha sonora desse episódio foi em sua abertura, do vídeo que também comentamos sobre no episódio, chamado Carnaval zonzonapa 2015.

No episódio 9, a vitrine e a capa são fotografias via Unsplash, de Thomas Kvistholt e de Jingyi Wang, respectivamente. A trilha sonora é o álbum Origin da banda Antethic.

No episódio 8, a foto da arte da vitrine foi postada pela Chelsea no Twitter e no Instagram no dia 18 de Maio de 2017, seu autor é Tim Travers Hawkins, CC BY-SA. A imagem do arquivo mp3 é do vídeo que ficou conhecido como Collateral Murder. A trilha sonora desse episódio é o álbum Ghost Shirt Society da banda Antethic.

No episódio 7, a arte da vitrine usa uma foto de David Huang, via Flickr, sob a licença CC-BY-SA. A capa é uma foto de Andy Wright, via Flickr, sob CC-BY. A trilha sonora do episódio, assim como o último, é o álbum Aeronaut, do grupo Blue Dot Sessions.

A arte da vitrine do episódio 6 é uma foto de Richard Tilney-Bassett, via Unsplash. A capa do arquivo é uma dessas fotos de agência, acho tirada por um cara chamado Chris McCormack, do carro dos japoneses na Austrália. A trilha sonora do episódio é o álbum Aeronaut, do grupo Blue Dot Sessions.

A arte da vitrine e capa do episódio 5 são fotografias da invasão soviética em Praga, 1968. Respectivamente, de František Dostál e da CIA. A música citada na abertura é “Amor” da banda Secos e Molhados. A trilha sonora é o álbum the rule of names da banda Los Pilotos.

A arte da vitrine do episódio 4 é a imagem t h e s a d d e s t s u p p e r. jpg de FuturePunk. A imagem da capa do arquivo é h o l o g r a m d r e a m | n o f u t u r e 未 来 が な い de codyvondell. A trilha sonora é o álbum The world is strange, but so is my album da Vaporwave Gal.

A arte da vitrine do episódio 3 é uma foto de Tommy Tong via Unsplash. A foto de capa do arquivo é de Derick Anies, também via Unsplash. A trilha sonora é o álbum The Man I’m Not da banda Soft and Furious.

A arte da vitrine do episódio 2 é feita com a pintura “Ato de assinatura do Projeto da 1ª Constituição” de Gustavo Hastoy, feita em 1891. Ela ilustra o Salão Nobre do Senado Federal. A foto de capa do arquivo é Eunício Oliveira, Michel Temer e Rodrigo Maia na Cerimônia de Posse dos Ministros da Justiça e Segurança Pública de Lula Marques/Agência PT, disponibilizada para ~memes~ no Flickr do partido. A trilha sonora do episódio é o álbum Little Smartphone People da banda Spiedkiks.

A arte da vitrine do episódio 1 é feita com a foto “Soldado em Posição com Binóculos“, de 1916, do Arquivo Federal Alemão via Wikimedia Commons. A foto de capa do arquivo é de um soldado francês usando uma máscara de gás, de 1916, da Biblioteca Nacional Francesa, via Pixtale. A trilha sonora do episódio é o álbum Space Dance da banda Kielobot e uma das marchas imperiais alemãs desse vídeo.